Sim, será. O Projeto de Lei de Iniciativa Popular (PLIP) que foi lançado no XXV Congresso Nacional do Movimento O Sul é o Meu País nos dias 16 e 17 de setembro de 2017. A previsão do Movimento é de que em maio de 2018, seja entregue às Assembleias Legislativas Estaduais um Projeto de Lei de Iniciativa Popular (PLIP) com cerca de 3 (três) milhões de assinaturas (o maior projeto de origem popular da América Portuguesa), fazendo com que os deputados do Sul aprovem a convocação, por força de Lei, de um PLEBISCITO CONSULTIVO OFICIAL. Por este motivo, no dia do Plebisul, é muito importante que o eleitor leve o seu título eleitoral para se habilitar a assinar este documento, pois trata-se de uma exigência legal. Caso não possua no ato, o título, o eleitor poderá substituir pela identificação do nome da mãe e da sua data pessoal de nascimento, conforme preceitua a legislação vigente.