CONTRIBUIÇÕES POLÍTICAS E ÉTICAS AO MOVIMENTO

Por Joacir Dal Sotto *

Uma instituição é formada por pessoas e sempre está construindo uma nova história diante muitas histórias já construídas. O movimento O Sul é o Meu País participou de importantes momentos da política brasileira, sendo que conduz, com seus voluntários, grandes ideais e muitas realizações.
Toda legalidade e ética do movimento é visível para diversos organismos políticos internacionais, como também é parte integrante de outros movimentos plebiscitários, que lutam para formar um novo federalismo ou república de municípios confederados.
Nas eleições presidenciais de 2018, várias mobilizações estão conduzindo os passos dos membros do movimento, mesmo o movimento seguindo com sua linha apartidária. É que trabalhamos com uma política de descentralização do poder.
Para quem desconhece um pouco dos princípios que compactuamos, solicitamos que leia nossa carta de princípios, que participe de nossas reuniões nacionais, municipais ou regionais que são abertas ao público.
Cada liderança do movimento é detentora de uma liberdade ímpar nas terras sulistas, desde que respeite nossas décadas de história, desde que siga nossa carta de princípios. Não agimos de forma arbitrária, tomamos decisões democraticamente e enquanto sulistas temos o direito de participação na política da América Portuguesa que fazemos parte.
Conheça um pouco mais de nosso movimento e procure por nossas lideranças. Indiferente do partido político do qual você faça parte, é de contribuições éticas e políticas que precisamos para o engrandecimento dos ideais que acreditamos.

* Escritor Joacir Dal Sotto é autor do livro Curvas da Verdade, mestrando em práticas transculturais e membro da direção nacional do movimento O Sul é o Meu País.

© Sul Livre 2018

© Sul Livre 2018