No último domingo, dia 28 de janeiro, foi realizada uma Assembleia Geral Extraordinária do Movimento O Sul é o Meu País.

Além de discutir alterações estatutárias, foi apresentado e aprovado os novos atos administrativos para cadastro de uma comissão municipal, o qual pode ser consultado pode ser consultado aqui. Em seguida foi apresentado a especificação técnica do futuro sistema de gestão do movimento, o qual ainda está em fase de orçamento.

Ainda neste dia foi tomada uma decisão triste para nosso Movimento, dois membros de comissão municipal de Curitiba/PR foram expulsos por atos que não condizem com a carta de princípios e estatuto desta entidade. Também foi apresentada o resultado que foi possível obter até o momento na auditoria do Plebisul, onde os presentes votaram que a auditoria deveria continuar seus trabalhos a fim de esclarecer definitivamente dados estranho que apareceram no sistema do evento.

No evento os presentes decidiram a posição política do Movimento frente às eleições 2018, onde o vice-presidente Douglas Aimoré apresentou as premissas políticas, e estas foram aprovadas. Estas premissas permitem a partir de agora que membros do Movimento se candidatem nas eleições, pois até o momento, membros que se candidatassem deveriam se afastar da entidade. No entanto, o Movimento continuará apartidário, ou seja, não dará apoio a nenhum partido político brasileiro. Membros do movimento que desejarem se candidatar poderão solicitar apoio dos membros associados, desde que aprovado pela Diretoria Nacional, ao acordar em assinar um título extrajudicial de obrigações de fazer ou não fazer.

Ao final, um dos fundadores do Movimento, o Sr. Celso Deucher apresentou uma proposta de mobilização estratégica do movimento, propondo que em 2018 não seja mais realizada uma simples consulta para saber se a população deseja ou não a independência da região, mas sim que tipo de país a população deseja ter. Neste mesmo momento a Sra. Viviane Vignochi e o Sr. Jonas Falcão apresentaram sugestão para que toda comissão municipal tenha um Diretor Cultural, que tem como objetivo manter a chama acessa da cultura sulista. Ambos também fizeram convite para que todos participem do evento Fórum Sulista, que será realizado em Sapucaia do Sul.

Confira abaixo as fotos do evento, e logo mais a ata da Assembleia.

© Sul Livre 2018

© Sul Livre 2018