Nação irmã do povo Sul Brasileiro, a Catalunha caminha a passos largos rumo a independência.

Durante todo o dia de hoje, 11 de setembro, aconteceu o Diada (Dia Nacional da Catalunha), onde mais de 1 milhão de pessoas foram às ruas de Barcelona, capital da Nação, para comemorar e manifestar seu apoio ao referendo que vai acontecer no próximo dia 1º de outubro. Os manifestantes portavam a tradicional bandeira com listras vermelhas e amarelas, com uma estrela vermelha na ponta esquerda, símbolo nacional Catalão.

O dia 11 de setembro marca a data da queda de Barcelona diante da Espanha em 1714 e tradicionalmente é usado pelos ativistas pró-independência para pedir a independência da região do nordeste espanhol. O evento deste ano tem um significado muito maior e serviu para demonstrar a força do independentíssimo frente as ameaças da Espanha.  Carles Puigdemont, líder do governo regional da Catalunha, reafirmou durante as comemorações que a consulta popular será feita a qualquer preço. “Não é uma opção o referendo não ir adiante”, disse.

Os Catalães vão as urnas no dia 1º de outubro, e os Sul Brasileiros farão o mesmo no dia 7 de outubro, uma semana depois, quando acontece o Plebisul 2017, onde os Sulistas vão responder se querem, ou não, que o Sul do Brasil forme um País independente.